O Campeonato Mundial de Hearthstone é o evento mais importante do ano para os jogadores profissionais. Este ano, ele será realizado em dezembro, e os jogadores se preparam há meses para chegar até a última fase. O vencedor levará para casa um prêmio em dinheiro de $500.000.

Entre os favoritos para ganhar o campeonato está o jogador chinês, Xiaomeng VKLiooon Li. Não só ela foi a primeira mulher a ganhar o Grandmasters da região asiática, mas também dominou a temporada 2019 do Hearthstone Masters. VKLiooon tem um estilo de jogo defensivo e prefere usar decks com cartas de controle. Se ela conseguir controlar bem o tempo e as jogadas do adversário, pode levar o título.

Outro jogador que tem sido mencionado como favorito é o americano Brian bloodyface Eason. Ele ficou em primeiro lugar na temporada 1 do Grandmasters da América. Bloodyface é conhecido por sua diversidade de decks e sua capacidade de criar estratégias improváveis na hora da decisão. Ele é um jogador agressivo e não tem medo de arriscar para ganhar.

O jogador coreano Kim Surrender Jung-soo também é um forte candidato ao título. Surrender é atualmente o jogador com mais vitórias no Grandmasters e tem um estilo de jogo controlador, com jogadas mais cautelosas. Ele também é conhecido por criar estratégias diferenciadas e pode ser o fator surpresa do campeonato.

Entre os jogadores brasileiros, temos Lucas Rase Guerra, que é conhecido por sua habilidade com decks aggro. Rase é capaz de prever as jogadas do inimigo e, além disso, tem um histórico impressionante nas competições nacionais.

Por fim, temos o francês Raphael Bunnyhoppor Peltier, o atual campeão mundial. Bunnyhoppor tem uma abordagem ousada e criativa em seu jogo, o que já lhe rendeu três títulos em campeonatos internacionais.

Com estes jogadores em mente, fica claro que o Campeonato Mundial de Hearthstone será uma competição emocionante e imprevisível. Cada jogador tem habilidades únicas e estratégias únicas, e qualquer um deles pode ser o favorito para ganhar o título. Será uma competição difícil, e apenas o mais forte sairá vitorioso.